Mendes espera que Pivetta continue na vida pública e irá conversar com vice-governador

Depois que o vice-governador Otaviano Pivetta (sem partido) revelou ao Olhar Direto, em conversa na porta da Secretaria de Educação (Seduc), que não iria disputar mais nenhum cargo político, o governador Mauro Mendes (DEM) espera demover essa opinião e tentar convencê-lo de que o melhor para o grupo é “não mexer no time que está ganhando”. 

Segundo Mendes, o próprio Pivetta ainda não o procurou para comentar sobre o assunto ou apenas informá-lo de que não disputaria mais nada em 2022. “Comigo ele ainda não falou. Até porque eu disse pra ele que de campanha a gente conversaria em março do ano que vem”, disse o governador, após almoço com a imprensa no Palácio Paiaguás, nesta quarta-feira (2). 

O governador, apesar de achar que pode fazer Pivetta mudar de ideia, disse que quem faz política com seriedade e determinação acaba se cansando. “Quem faz uma vida pública com seriedade, acaba de alguma forma se cansando, porque ela exige muito esforço, muita determinação, muita abnegação. Eu tenho um apreço muito grande por tudo que ele fez e faz e também respeito qualquer decisão dele. Mas, comigo ele ainda não falou”, respondeu o governador. 

Mauro sabe que o estilo de Pivetta trabalhar é de pessoa que espera resultados rápidos e cobra isso todos os dias. Tanto que na Seduc e na Sinfra, pastas que são coordenadas diretamente por Pivetta, os números são altos e índices melhores que de outros governo, por isso ele ainda espera tentar fazer Pivetta desistir da ideia de desistir. 

“De uma maneira muito respeitosa, muita tranquila, vou falar com ele. Assim, com relação a sua decisão, nós ainda vamos conversar e muito sobre isto. Antes que uma decisão possa, de fato, ser tomada”, cocnluiu o governador.